Páginas

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Questão de tempo

Dezembro de 2011,
conheci uma garota.
Eu só não sabia,
que essa garota,
mudaria completamente a minha vida.
Convidei para tomar um café.
Olhando aqueles olhos verdes,
as coisas pareciam fáceis.
Mas a vida não é bem assim.
Não é fácil ser apaixonado.
Minha perna tremia
Horas depois…
Ela disse:
“Preciso ir..”
Levantou,
deu 2 passos,
ficou parada na minha frente.
não consegui fazer nada.
Sou o medo.
Ela foi embora.
3 min depois
levantei.
De chinelo,
na chuva.
sai correndo atrás dela.
Sou a coragem.
Ela entrou no ônibus,
pensei em gritar,
mas,
um cara correndo na chuva,
de chinelo,
é assalto.
O onibus se foi.
Sou o tempo.
Peguei um taxi.
Parei na porta da casa dela.
Ela estava no quintal.
Pulei o muro.
Sou a loucura.
Ela escutou o barulho,
olhou pra trás e disse:
“O QUE? O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO AQUI?”
Eu:
“Gosto do seu olho verde”
Ela:
“Do meu olho?”
Eu:
“Do nariz, da orelha, do resto do rosto,
e do que ainda não vi sem roupa também”
Ela sorriu,
deu 2 passos,
ficou parada na minha frente.
Coloquei a mão no pescoço dela,
apertei,
puxei,
e beijei.
Sou o tesão.
Depois do beijo.
Ela disse:
“Vou mudar pra Brasilia daqui 1 mês”
Eu:
“Fica comigo por 29 dias?”
Ela:
“Porque 29?”
Eu:
“Gosto de número ímpar”
Ela:
“Você é louco!”
Ela:
“Fico com uma condição”
Eu:
“Okay. Sem anal.”
Ela:
“HAHAHHAHA IDIOTA”
Eu:
“Qual é?”
Ela:
“Se você contar seus medos”
Eu:
“Porque?”
Ela:
“Fala!”
Eu:
“Altura, de ficar velho, de hospital, de doença, de elevador, roda gigante, piercing no mamilo”
Nesses 29 dias,
ela me fez,
pular de bungie jump,
ir em um asilo,
passar um tempo com alguns idosos,
ir em um hospital de crianças com câncer,
entrar sozinho no elevador mais antigo do centro da cidade
e subir 24 andares por 3 vezes.
andar de roda gigante,
tentou me furar com uma agulha de costura
para colocar um piercing.
Passaram 29 dias,
ela não se mudou.
Passaram 4 meses,
ela se mudou.
Nem foi pra Brasilia,
foi pra Alemanha.
Antes de viajar,
ela pediu para eu deixar uma lembrança.
Deixei um cartão.
Escrito:
Sou a saudade.

<http://www.thebrocode.com.br/artigo-205-questao-de-tempo/>


Postar um comentário